Você pega o boi pelo chifre?

De tempos em tempos gosto de organizar a minha casa, principalmente o meu guarda roupa; quando as estações mudam. Não costumo manter roupas de inverno e verão juntas, porque não tenho espaço suficiente pra isso. Então faço a troca quando a hora certa chega. Daí aproveito para tirar o que não me serve ou o que não preciso mais, e já separo para doar.  Desde adolescente, a ideia de manter cada coisa em seu lugar num sistema funcional, sempre me chamou a atenção. Claro que nessa época, eu não entendia sobre métodos ou dicas pra fazer isso acontecer, então criava uma esquematização que fazia sentido na minha cabeça.

Já, nos dias de hoje, sei que estão em voga movimentos como o Minimalismo e o Essencialismo – sendo o último aquele com o qual mais me identifico – que incentivam o desapego material e a diminuição do consumo desenfreado em prol de uma vida mais leve e focada no que realmente importa. Isso também vale pra tudo aquilo que nos sobrecarrega emocionalmente e causa tensão no nosso dia-a-dia, como responsabilidades, compromissos e obrigações em grandes quantidades. 

Um estudo da Universidade da Califórnia (2010), por exemplo, revela como o acúmulo e a desordem produzem altos níveis de estresse do hormônio cortisol, que em troca causa ansiedade e depressão. Então, por que não pegar o boi pelo chifre? Na minha pequena experiência pessoal e profissional, essas ideias ligadas ao descarte material e emocional podem, de fato, contribuir muito com o seu bem estar e o da sua família. Mas pra isso você precisará ser intencional nas suas escolhas.  Você precisará tomar decisões de lidar com a bagunça e os excessos à sua volta, mesmo que comece dando pequenos passos; uma área por vez.

Para isso, quero sugerir aqui alguns dos tantos benefícios dessa temática (Alice Boyes, Ph.D.)

1- Desapegar te faz sentir mais confiante em si mesmo, pois essa decisão mostra que você é competente e capaz de solucionar problemas.

2- Descartar é energizante. Quando você começa, você entra no modo “dever cumprido” que traz uma sensação gratificante e aliviante. 

3- Organizar reduz a ansiedade. Quando as coisas estão fora de ordem, não conseguimos pensar de maneira consciente. Criar ordem diminui a ansiedade e traz clareza de mente.

4- Desapegar pode reduzir tensões nos relacionamentos familiares. Uma família organizada tem mais tempo pra se relacionar com qualidade, focando no que realmente tem valor pra si.

5- Descartar te permite achar tesouros esquecidos no meio da bagunça. Às vezes esses itens são coisas que estavam na sua lista de compras. Se encontrar objetos de valor sentimental, arrume uma caixa com tampa e os coloque ali com a seguinte etiqueta: Memorabília. E sempre que quiser, poderá voltar a abrir a caixa e fazer sua viagem no tempo. 

6- Um lugar sem acúmulo é mais fácil de limpar e estruturar rotinas.

7- Quando você mantem apenas aquilo que é necessário para se viver (a quantidade varia de pessoa para pessoa) você vai apreciar e dar mais valor ao que tem.

8- Desapegar de objetos de relacionamentos anteriores também te ajuda a se livrar do seu passado, o que muitas vezes nos impede de viver o presente de forma plena.

9- Descartar te ajudará financeiramente, pois trará uma visão de ser mais intencional com o que você compra, pra não acumular novamente ou desperdiçar dinheiro, desnecessariamente.

E por último, mas não menos importante, o benefício que mais gosto:

10- Desapegar te dá a oportunidade de ajudar pessoas com necessidades reais. Ao juntar suas possessões e levar para um centro de doações ou abrigo, o seu próximo se beneficiará muito mais do que você, com eles mofando em algum lugar na sua casa.

Pra mim, pessoalmente, esse exercício constante de por fora o que não tem mais utilidade e poder criar uma harmonia visual no meu lar com funcionalidade, reflete muito no meu humor e na minha dinâmica familiar.  Se você nunca tentou, eu recomendo! Você não vai se arrepender!

Publicado por katidawson

Esposa de David, mãe da Emily, Gabriel e Laura. Falo sobre lifestyle e desafios de um casamento transcultural e uma família internacional.

Um comentário em “Você pega o boi pelo chifre?

  1. Oi Kati, olha lendo isso vi o quanto eu me identifico. As pessoas dizem que sou perfeccionista mas, não é isso eu gosto das coisas organizadas e que tudo tenha um lugar certo. E quando convivemos com quem não é assim sério é muito estressante. Parabéns, gostei. Bjs a todos

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: