Você escolhe suas reações?

O verão oficialmente terminou, e cá estou eu, dando as caras novamente, rsrs. Nossa família tirou um tempo para viajar e aproveitar o finalzinho das férias das crianças. Pra mim e o David, gastar tempo com os filhos e criar memórias, é sempre um ótimo investimento.

Então, o que tenho pra compartilhar hoje é algo no qual tenho pensado bastante. Assisti uma mentoria sobre ação e reação que mexeu comigo. Acredito que a maioria de nós já tenha ouvido sobre esse tema em alguma ocasião da vida. E mesmo que nossa compreensão disso seja muito clara, a pergunta é: “Será que praticamos, corretamente, esse princípio?”

Veja, para um projeto, sonho ou pequenas tarefas do dia-a-dia serem realizados, precisamos ter ações. Nada acontece quando passamos tempo de braços cruzados sentados no sofá, não é mesmo? Mas, enquanto agir é algo muito importante para os relacionamentos e conquistas do ser humano, não podemos nos esquecer que, reagir também é. E, por que? Porque podemos, facilmente, destruir algo que nos levou meses ou anos para construir; simplesmente porque reagimos à uma situação com um comportamento imaturo ou uma atitude de um coração ferido. Sinceramente, podemos concordar que muitos de nós já tivemos amizades, negócios, parcerias, ministérios, entre outras conexões, desmanchados por causa das nossas reações. 

Você até pode pensar, ah mas eu conheço pessoas que são muito mais esquentadas que eu, e que respondem de formas que eu não faço. Mas, se dentro de nós estamos amargurados, com raiva e nos sentindo injustiçados, vamos acabar revelando isso, em algum momento ou outro.

O que tenho percebido é que, a principal questão aqui é sobre o nosso caráter, pois toda reação – em qualquer contexto – nada mais é do que um espelho do nosso coração. Pense no seguinte: reação tem a ver com a sua atitude; a sua atitude pode construir ou corromper o seu caráter; e o seu caráter tem que ser maior do que o que você faz, pois tem a ver com quem você foi criado para ser. O caráter é o que precisa crescer cada vez mais.  E isso só acontece quando trabalhamos nas nossas atitudes.

Se entendemos que Deus nos deu o livre arbítrio, então somos livres para fazer escolhas, bem como para lidarmos com a consequência dos nossos atos. Nossas práticas nessa terra são responsabilidades nossas. Então, não se esqueça, você e eu podemos sempre escolher como manifestar as intenções do nosso coração. Meu desejo é que elas possam ser sempre de amor e não vingança!

Publicado por katidawson

Esposa de David, mãe da Emily, Gabriel e Laura. Falo sobre lifestyle e desafios de um casamento transcultural e uma família internacional.

2 comentários em “Você escolhe suas reações?

  1. Olá gostei do seu texto. Eu tenho procurado contar até 10 antes de reagir. Se tiver mais tempo melhor ainda. Com isso tenho conseguido reações menos intempestivas. Como são mais elaboradas tenho me arrependido menos delas.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: